Aphyosemion pascheni festivum

aphyosemion-pascheni-festivum-nkolbonda-hlm99-23
Descrição original Amiet, J. L. 1987. Faune de Cameroun. Fauna of Cameroon. vol. 2. Le genre Aphyosemion Myers. The genus Aphyosemion Myers (Pisces: Teleostei, Cyprinodontiformes). Sciences Naturales, Compiegne. 262 pp.
Subgénero Scheelsemion Huber, 2013
Etimologia pascheni= em honra de Paschen, o colector de A. pascheni Ahl, 1928

festivum= festivo, devido às suas cores intensas

Localidade tipo Nyete, Elephant Hill, 10 km Sudoeste de Kribi, Sudoeste dos Camarões
Populações e códigos Nkolbonda “HLM 99-23”, Nyete
Comprimento do macho 6 cm
Comprimento da fêmea 5 cm
Habitat
e distribuição
Riachos na floresta primária da zona costeira do Oeste dos Camarões.
Manutenção Espécie com dificuldade de manutenção média. Pode ser mantido em casais ou trios tendo sempre em atenção que os machos são agressivos.
Reprodução Deposita os ovos em mops de lã acrílica também colocados no fundo do aquário ou suspensos a partir da superfície. Recomenda-se a remoção dos ovos várias vezes por semana sendo estes colocados a incubar em caixas de petri com água semelhante à do aquário dos pais ou turfa húmida. A incubação demora normalmente entre 10 e 15 dias consoante a temperatura de incubação.
Temperatura (ºC) 10.  11.  12.  13.  14.  15.  16.  17.  18.  19.  20.  21.  22.  23.  24.  25.  26.  27.  28.  29.  30.  31.  32.  33.  34.  35
pH 5.4 – 5.6 – 5.8 – 6.0 – 6.2 – 6.4 – 6.6 – 6.8 – 7.0 – 7.2 – 7.4 – 7.6 – 7.8 – 8.0 – 8.2 – 8.4
Iluminação  muita intensidade – média intensidade – pouca intensidade – luz difusa
Aquário (capacidade mínima)  10L;  20L;  30L;  50L;  100L
Observações Os recém-nascidos podem ser alimentados com náuplios de artémia desde o nascimento. Recomenda-se trocas frequentes de cerca de água entre 30% a 70%. Espécie de crescimento lento.
Aphyosemion pascheni festivum
aphyosemion-pascheni-festivum-nkolbonda-hlm99-23OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Aphyosemion pascheni festivum

0