Aphyosemion lamberti

Aphyosemion lamberti BSWG 97-9 male
Descrição original Radda, A.C. e J.C. Huber. 1977. Cyprinodonten-Studien in Gabon III, Zentral und Sudost Gabun. Aquaria 24: 61-64, Fig. 4-5, mapa.
Subgénero Aphyosemion Myers, 1924
Etimologia Em honra de Jaques Lambert, ictiólogo amador belga, e também André Lambert, aquariófilo francês
Localidade tipo Ribeiro perto do rio Ogowe, junto a uma estrada para Achouka, a Oeste de Booué, Norte-Centro do Gabão
Populações e códigos Abouni “K00”;  BSWG 97 /9; GHH 97 / 11;
Comprimento do macho 5 cm
Comprimento da fêmea 4 cm
Habitat
e distribuição
Riachos na savana húmida e florestada na zona média e superior da bacia do rio Ogowe no centro e Este do Gabão.
Manutenção Espécie com dificuldade de manutenção fácil. Pode ser mantido em casais ou trios tendo sempre em atenção que os machos são agressivos.
Reprodução Deposita os ovos em mops de lã acrílica também colocados no fundo do aquário ou suspensos a partir da superfície. Recomenda-se a remoção dos ovos várias vezes por semana sendo estes colocados a incubar em caixas de petri com água semelhante à do aquário dos pais ou turfa húmida. A incubação demora normalmente entre 10 e 15 dias consoante a temperatura de incubação.
Temperatura (ºC) 10.  11.  12.  13.  14.  15.  16.  17.  18.  19.  20.  21.  22.  23.  24.  25.  26.  27.  28.  29.  30.  31.  32.  33.  34.  35
pH 5.4 – 5.6 – 5.8 – 6.0 – 6.2 – 6.4 – 6.6 – 6.8 – 7.0 – 7.2 – 7.4 – 7.6 – 7.8 – 8.0 – 8.2 – 8.4
Iluminação  muita intensidade – média intensidade – pouca intensidade – luz difusa
Aquário (capacidade mínima)  10L;  20L;  30L;  50L;  100L
Observações Os recém-nascidos podem ser alimentados com náuplios de artémia desde o nascimento. Recomenda-se trocas frequentes de cerca de água entre 30% a 70%. Espécie de crescimento lento.
Aphyosemion lamberti
aphyosemion-lamberti-abouni-k-00Aphyosemion lamberti BSWG 97-9 maleAphyosemion lamberti BSWG 97-9 male

Aphyosemion lamberti

0